DAVI, UM HOMEM SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS

Fonte: http://www.escoladominical.org

INTRODUÇÃO
Quando desejamos sinceramente ser um cristão de um bom caráter, devemos então buscar na palavra de Deus, e através dela nos espelhar em homens fieis, que nos deixaram bons exemplos a ser seguido. Um dos grandes exemplos foi Davi, o homem segundo coração de Deus At 13. 22. No estudo dessa lição, muito vamos aprender com as virtudes desse homem, mas também com as suas franquezas e falhas, e buscarmos a Deus para nunca cair-mos nos mesmos erros.

DAVI, UM SERVO FIEL E RESPONSAVEL.

Davi.

Davi, do hebraico (DAWID) significa amado. Entre o povo Judeu, o nome das pessoas não era simplesmente um nome, mas cada nome tinha um significado, isto é: o nome era dado com forme o que era a pessoa. Por exemplo: Abraão Pai de uma multidão, Isaque riso, Jacó enganador, Israel o que luta com Deus, e assim os outros nomes também.
O nome Davi, esta registrado 1031 vezes na Bíblia.

A família de Davi.

Família no hebraico vem de (BAYT). Que significa casa e família. Davi era o filho menor de Gesse. Em 1Cr 2. 13-16. Esta registrado o nome de todos os filhos de Gessé, confira: 13 a Jessé nasceram Eliabe, seu primogênito, Abinadabe o segundo, Siméia o terceiro, 14 Netanel o quarto, Radai o quinto, 15 Ozen o sexto e Davi o sétimo.
16 e foram suas irmãs Zeruia e Abigail. Os filhos de Zeruia foram: Abisai, Joabe e Asael, três.
É importante frisar aqui também sobre uma aparente contradição nos registros bíblicos, a respeito da família de Davi. Porque em 1Sm 16. 10,11; 17. 12. diz que eram 8 os filhos de Gesse. E em 1Cr 2. 13 diz que eram sete filhos homens, e duas filhas. Porem, não se deve pensar que a palavra de Deus seja duvidosa, a falha aqui, e de quem registrou os fatos. E por outro lado; isso não interfere em nada no propósito de Deus nas escrituras.
Não é mencionado na Bíblia o nome da mãe de Davi.
(É importante observar aqui também que Joabe, chefe do exercito de Davi, era seu primo).

Características de Davi.

Como já vimos acima, Davi era o filho mais novo de Gessé. Não podemos saber ao certo a sua idade, porem sabemos que ele tinha menos que vinte anos. Porque se tivesse mais de vinte anos estaria acampado juntamente com os seus irmãos a confrontar os filisteus em Efes-Damim 1. Samuel 17. 1. idade em que o jovem era contado para a guerra. Nm 1. 3. Os da idade de vinte anos para cima, isto é, todos os que em Israel podem sair à guerra, a esses contareis segundo os seus exércitos, tu e Arão.

Analisando bem: Davi era o sétimo filho, então ele tinha seis irmãos mais velhos que ele, três estavam na guerra 1Sm17. 13. Se os outros três não estavam na guerra por terem menos que vinte anos, vamos supor que o mais velho dos três tivesse dezenove anos, o mais novo dos três devia ter no Maximo dezesseis a dezessete anos. Se assim for, Davi devia ter quatorze ou quinze anos de idade quando matou Golias. (isto se todos os filhos de Gessé eram filhos de uma mesma mãe).
Davi não era aquele menino pequeno, como muitos pregadores o fazem. Ele era responsável pelo rebanho de seu pai 1Sm 16. 11; 17. 20. Disposto ate mesmo a lutar com feras 1Sm 17. 34-36. Quando Saul vestiu em Davi as suas armaduras, ele não disse ser grande, mas não estar acostumado com aquilo 1Sm 17. 39. Ainda que Saul fosse mais alto que todos em Israel 1Sm 9. 2. Matou Golias com a sua própria espada, que devia ser muito grade, se comparada a sua lança 1Sm 17. 7. Após matar o gigante ele levou sua cabeça a Jerusalém 1Sm 17. 54. E estas coisas não são feitos de um guri pequeno.
O que sabemos é que Davi era jovem 1Sm 17. 33. Ele era ruivo, de belos olhos e de gentil aspecto 1Sm 16. 12.


II. ASPECTOS DO CARÁTER DE DAVI.

Erros de Davi.

Como afirma as escrituras: Pois não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque. Ec 7. 20. Davi também pecou no caso do adultério com Bate-Seba, a morte de Urias 2Sm 1. E outras falhas e fraquezas que ele demonstrou. Porem foi vitorioso, porque sempre reconheceu as suas fraquezas, se arrependeu e confessou ao Senhor.

O que fazia a diferença na vida de Davi.
Então Samuel tomou o vaso de azeite, e o ungiu no meio de seus irmãos; e daquele dia em diante “o Espírito do Senhor se apoderou de Davi.” Depois Samuel se levantou, e foi para Rama 1Sm 16. 13. Nenhum homem pode ser bem sucedido, e fazer proezas, sem antes ter uma experiência com Deus, e ser revestido com o Espírito Santo. Porem é necessário também que o homem permaneça na presença de Deus. É o que veremos a seguir na vida de Davi.

Qualidades de Davi que agradava a Deus.
a) Servo.
Achei Davi, meu servo; com o meu santo óleo o ungi Sl 89. 20.
Deus vê Davi aqui como servo, servo vem da palavra hebraica (‘EBED), e corresponde a palavra grega ??doulos), que significa escravo, servo ou quem está sempre sujeito. E Davi realmente mostrou isto em toda a sua vida.
Servia a seu pai pastoreando o seu rebanho sem reclamar, mesmo quando seus pais e irmãos estavam em reuniões especiais 1Sm 16. 11. Mesmo quando ungido rei de Israel, não se exaltou, mas voltou a cuidar das ovelhas, ate que Deus o colocasse no trono 2Sm 5. 4,5.
Sejamos, pois como Davi, que ao exemplo de Jesus, que sendo Rei não quis ser chamado assim Jo 6. 15. E sendo Deus, tomou a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens Fl 2. 5-7. É um privilegio para nos ser-mos chamados de servos, como Davi Sl 78. 70.
Disse-lhe o seu senhor: Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor Mt 25. 21.

 

b) Humildade.
Humildade vem do hebraico (ÂNÂWÂ), e do grego (tapeino frosyne) e significa humildade, modéstia, de baixo.
Dela falou Salomão: O temor do Senhor é a instrução da sabedoria; e adiante da honra vai à humildade. Pv 15. 33. Antes da ruína eleva-se o coração do homem; e adiante da honra vai à humildade. Pv 18. 12.
O próprio Davi falou: Ainda que o Senhor é excelso, contudo atenta para o humilde; mas ao soberbo, conhece-o de longe. Sl 138. 6. Dela também fala Paulo: Revestí-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de coração compassivo, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade, Cl 3. 12.
Jesus era humilde: Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Mt 11. 29.
Jesus ensinou a humildade: Portanto, quem se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus. Mt 18. 4.
Dentre tantas outras referencias bíblicas, citamos aqui algumas, para lembrarmos da importância da humildade na vida do Servo de Deus. E Davi sabia deste mistério, que para ser grande precisa antes ser humilde: O Senhor eleva os humildes, e humilha os perversos até a terra. Sl 147. 6.
Por isso mesmo o Senhor o elevou diante de Israel, e das nações daquela época.

 

c) Integridade.
A palavra integridade é encontrada 22 vezes em toda a Bíblia. Integro, mais 6 vezes.
É tradução do hebraico (TÕN), e (TUMMÂ). E do grego ? (aftoria). E significa: inteireza, qualidade de íntegro, ser completo, honestidade.

 Davi fala da sua integridade: O Senhor julga os povos; julga-me, Senhor, de acordo com a minha justiça e conforme a integridade que há em mim Sl 7. 8.

A integridade e a retidão me protejam, porque em ti espero Sl 25. 21.
Julga-me, ó Senhor, pois tenho andado na minha integridade; no Senhor tenho confiado sem vacilar Sl 26. 1.
Ver também Sl 26. 11; 41. 12; 101. 2.

 d) Esperança em Deus.

Agora, pois, Senhor, que espero eu? a minha esperança está em ti Sl 39. 7. Também Sl 62. 5. esperança aqui (TÔHELET). E significa esperar longamente. Corresponde a ?(elpis) no grego.
Porem na esperança alcançou a vitória: 1 Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor.
2 Também me tirou duma cova de destruição, dum charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos.
3 Pôs na minha boca um cântico novo, um hino ao nosso Deus; muitos verão isso e temerão, e confiarão no Senhor. Sl 40. 1-3.
Foi a esperança em Deus que vês Davi esperar tanto tempo para assumir o reino de Israel. Mesmo tendo sido ungido rei por ordem do Senhor 1Sm 16. 1,13. sendo muito jovem, esperou com paciência a hora de assumir o trono. E com 30 anos começou a reinar sobre Israel, e reinou 40 anos. 2Sm 5. 4.

 e) Confiança em Deus.

A palavra (BÃTAH). Aqui, significa: confiar, sentir-se seguro, estar confiante, estar despreocupado. E Davi tinha esta qualidade, por isto podia dizer: Em Deus, cuja palavra eu louvo, em Deus ponho a minha confiança e não terei medo. Sl 56. 4. Ver ainda Sl 27. 3; 40. 4; 56. 11; 71. 5.
Ele jamais enfrentaria um gigante de aproximadamente três metros de altura, se não cofiasse no Deus dos exércitos de Israel. 1Sm 17. 45.
f) Louvor e adoração.
A palavra universal (ALELUIA) é repetida muitas vezes nos salmos de Davi.
Como: Louvai ao Senhor (ALLELU ABDEI IEHVAH). Davi foi o que mais escreveu sobre louvor e adoração. Alem dos salmos, lemos a sua historia, e compreendemos que este homem viveu uma vida perante o altar de Deus. Por isso era bem sucedido e vitorioso em tudo o que fazia. Ele sabia muito bem do propósito de Deus em criar o homem, que era louvar e adorar a Ele. Mesmo em meio às lutas, Davi nunca deixou de cumprir o seu dever para com Deus. Sendo assim um grade exemplo a todos os que querem ter uma vida de vitórias em todo o tempo. Sigamos, pois o seu exemplo, e como ele, possamos ser chamados de; homem segundo o coração de Deus At 13. 22.

 III. DAVI E SEU CONHECIMENTO DO SENHOR.

 Faltar-nos-ia tempo e espaço para registrar aqui as experiências de Davi para com Deus, mas em resumo, vamos ver ainda um pouco sobre o conhecimento e experiências de Deus na vida de Davi.

O que aproximava Davi do Senhor.

 a) Sede de Deus. Ó Deus, tu és o meu Deus; ansiosamente te busco. A minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água. Sl 63. 1.

 b) Busca de Deus.

Busquei ao Senhor, e ele me respondeu, e de todos os meus temores me livrou. Sl 34. 4.
Essa busca do Senhor na vida de Davi era constante, nas lutas, ou na bonança, ele buscava a presença de Deus.

 c) odiava os ídolos.

Odeias aqueles que atentam para ídolos vãos; eu, porém, confio no Senhor. Sl 31. 6.

 d) Confissão.

Confessei-te o meu pecado, e a minha iniqüidade não encobri. Disse eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a culpa do meu pecado. Sl 32. 5.

 e) Conhecia a onisciência e onipresença de Deus.

1 Senhor, tu me sondas, e me conheces.
2 Tu conheces o meu sentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento.
3 Esquadrinhas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos.
4 Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó Senhor, tudo conheces.
5 Tu me cercaste em volta, e puseste sobre mim a tua mão.
6 Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim; elevado é, não o posso atingir.
7 Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua presença?
8 Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também.
9 Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar,
10 ainda ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.
11 Se eu disser: Ocultem-me as trevas; torne-se em noite a luz que me circunda;
12 nem ainda as trevas são escuras para ti, mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa.
13 Pois tu formaste os meus rins; entreteceste-me no ventre de minha mãe.
14 Eu te louvarei, porque de um modo tão admirável e maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.
15 Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado, e esmeradamente tecido nas profundezas da terra.
16 Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles.
17 E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grande é a soma deles! Sl 139. 1-17.

 Veja a seguir um resumo da vida e experiências de Davi.

O segundo e o mais ilustre dos reis de Israel, conhecido como o homem segundo o coração de Deus, At.13:22;

 O caçula, dos oito filhos de Jessé, o belemita, 1Sm. 16:1; Não se menciona o nome de sua mãe.

Sua genealogia, Rt. 4:18-22; 1Cr.2; Mt.1;
Ungido por Samuel em Belém, 1Sm. 16:13;
Escudeiro de Saul, 1Sm. 16:21;
Tangia harpa perante Saul, para retirar o espírito maligno, 1Sm. 16:23;
Era pastor de ovelhas, 1Sm. 17:34-37;
Seu zelo e fé. 1Sm. 17:26; 1Sm.17:34,
Saul, invejoso, procurava matá-lo, 1Sm. 18:8-12;
Amado por Jônatas, 1Sm. 18:1; 1Sm. 19:2; 1Sm. 20; 1Sm. 23:16; e por Mical, 1Sm.18:28; 1Sm.19:11.
Matou duzentos filisteus, 1Sm. 18:27;
Fugiu a Ramá, 1Sm. 19:18;
Fez pacto com Jônatas, 1Sm. 20:42;
Comeu os pães da proposição, 1Sm. 21; Sl. 52; Mt. 12:4;
Fugiu a Gate e fingiu-se amalucado, 1Sm. 21: 10-13;
Morou na caverna de Adulão, 1Sm. 22; Sl. 63; Sl. 142;
Poupou, duas vezes, a vida de Saul, 1Sm. 24:4; 1Sm. 26:5;
Derrotou os amalequitas, 1Sm. 30:16;
Seu lamento pela morte de Saul e Jônatas, 2Sm. 1: 17;
Rei sobre Judá, 2Sm. 2:1-7;
Fêz aliança com Abner, 2Sm. 3:13;
Lamentou a morte de Abner, 2Sm.3:31;
Ordenou a morte dos que assassinaram Is-Bosete, 2Sm. 4:12;
Rei sobre todo Israel, 2Sm. 5:3.
Tomou Sião dos jebuseus, 2Sm. 5: 8;
Derrotou os filisteus, 2Sm. 5:17;
Trouxe a arca do Senhor para Jerusalém, 2Sm. 6;
Seus salmos de ações de graças, 2Sm. 22; 1Cr. 16:7; Sl. 18; Sl. 103; Sl. 105;
Aliança de Deus com Davi, 2Sm. 7;
Estendeu seu reino, 2Sm. 8;
Sua bondade para com o filho de Jônatas, 2Sm. 9;
Davi e Bate-Seba, 2Sm. 1; Repreendido por Natã, 2Sm. 12; Seu arrependimento, 2Sm. 12:13; Sl.51.
A revolta de Absalão, 2Sm. 15;
Chorou amargamente a morte de Absalão, 2Sm.18:33; 2Sm.19.1; Voltou a Jerusalém, 2Sm.19:15;
Seus valentes, 2sm. 23;
Tentado por satanás, mandou levantar censo do povo,
Apontou Salomão para ser seu sucessor, 1Rs. 1: 30.
Suas últimas palavras, 2Sm. 23;
Sua morte 1Rs. 2:10;

 Profecias acerca de Davi:

Sl.89; Sl.132; Is.9:7; Is.22:22; Is.55; Jr.30:9.

 Cidade de Davi, Belém, Lc. 2:4;

Cristo o filho de Davi, Mt. 1:1; Mt. 9:27; Mt.21:9;
Davi pelo Espírito, chama-lhe Senhor, Mt. 22:43;
O trono de Davi, Sl. 89:3-4; Lc. 1:32;
A torre de Davi, Ct. 4:4;
O tabernáculo de Davi, At.15: 16;
De Sansão, de Jefté, de Davi, Hb. 11:32;
A chave de Davi, Ap.3:7;
A Raiz de Davi, Ap.5:5;
A raiz e a geração de Davi, Ap.22:16;

 CONCLUSÃO.

 Baseando-nos na vida e ministério de Davi, como rei, servo do Senhor, profeta e salmista, examinando tudo o que a Bíblia Sagrada fala sobre este homem de Deus, podemos tirar de suas experiências muitas lições para nossas vidas, e aplica-las no nosso dia a dia, na nossa busca do caráter cristão.Que o leitor deste subsidio possa tirar dele muito proveito para sua vida, e para aplicar a classe a que você leciona. SHALOM HADHONAI.



Anúncios